Os malefícios de se hidratar pouco

Falta de ingestão de água pode levar a diversas complicações, desde fadiga até colesterol alto

Publicado em 22/07/2016

Água é essencial para a sobrevivência, e sabemos disso. Mas, mesmo assim, muitos ainda não têm consciência da importância de ingerir o líquido na quantidade correta e dos benefícios que traz para o nosso corpo. Além de nutrientes essenciais, ainda equilibra a temperatura do corporal. Também mantém pele e cabelos saudáveis, e regula o intestino, diminuindo a prisão de ventre.

Aqui, alguns dos benefícios de beber água: regular a temperatura corporal; combater acne, estrias e celulite; melhorar o funcionamento dos rins; prevenir o aparecimento de pedras nos rins; facilitar a digestão; diminuir o inchaço; melhorar a circulação sanguínea; ajudar a emagrecer.

Mas se a ingestão da quantidade correta de água traz muitos benefícios para o corpo, a falta dela pode acarretar em muitos problemas. Confira vários dos malefícios de não se manter hidratado.

Fadiga

Quando não bebemos a quantidade mínima de água, nosso corpo desidrata e as enzimas desenvolvem suas atividades de forma bem mais lenta. Com isso, começa a aparecer a fadiga, um problema de saúde que nos deixa com sensação de muito cansaço e que pode levar até mesmo a depressão.

Envelhecimento precoce

O nosso corpo é composto por 60% de água, e nossos órgãos dependem deste liquido para funcionar. Bebendo bastante água o organismo consegue combater os radicais livres e prevenir o envelhecimento da pele.

Obesidade

Não existe nenhum estudo que diz que a água contribui para queimar gordura ou perder peso, mas é fato que ela contribui muito para uma alimentação saudável, e também para uma boa dieta. O consumo de água estimula a eliminação de toxinas, proporcionando uma sensação de saciedade maior. Desta forma nosso metabolismo se mantém acelerado, ótimo para o emagrecimento.

Pressão arterial

Beber água elimina as toxinas da corrente sanguínea, facilitando na circulação e consequentemente diminuindo problema de pressão arterial.

Colesterol ruim

Pode parecer estranho, mas a desidratação resulta em excesso de li\íquido drenado no interior das células. Isso faz com que o corpo impeça a produção do bom colesterol e aumente o colesterol ruim.

Prisão de ventre

É necessário ter muito líquido no corpo para que as fezes se formem adequadamente. Na falta de água, o corpo não consegue eliminar todos os resíduos e começa a sofrer com problemas no intestino e prisão de ventre.